Engenharia Florestal



Turno Duração Titulação
Noturno 10 semestres Bacharel

 

PERFIL DO CURSO

      A proposta do curso de Engenharia Florestal é formar Engenheiros aptos avaliar o potencial biológico dos ecossistemas florestais, e assim, planejar e organizar o seu aproveitamento racional de forma sustentável, garantindo sua perpetuação e a manutenção das formas de vida animal e vegetal.

Busca nesse sentido assegurar e garantir os seguintes aspectos na formação do corpo discente:

  •   •  Preparar o engenheiro florestal para o pleno exercício da cidadania, sob visão crítico-reflexiva do contexto socioeconômico-cultural, local, regional, nacional e internacional;
  •   •  Propiciar a formação de profissional com consciência técnica e científica, para uma atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanista em atendimento às demandas da sociedade;
  •   •  Formação coerente com uma sequência de disciplinas teóricas, práticas, de campo e laboratórios, que possibilitam uma profissionalização nas áreas de manejo florestal, ecologia aplicada e tecnologia de produtos florestais, propiciando uma formação que abrange os aspectos ambientais, sociais e econômicos da atividade florestal.

      Permitindo dentro da estrutura do curso a formação de um profissional com capacidade para transitar em todas as áreas da Engenharia Florestal, as funções de gerenciamento, planejamento, elaboração, execução e ações de profissionais autônomos.

PERFIL DO EGRESSO

      Para o Curso de Engenharia Florestal as ações de acompanhamento do egresso serão tomadas dentro do contexto geral da instituição com particularidades voltadas à formação do profissional da área. A realidade mundial e nacional, o avanço tecnológico e a rapidez das mudanças na era da globalização são condições que obrigam a modernização e atualização das técnicas educacionais e do currículo do curso de Engenharia Florestal, pois o Estado passa por um período de mudanças, tanto estruturais como conjunturais; o papel da engenharia passa cada vez mais ser questionado, tanto por sua função social, como por sua busca da “ação sustentável”, sendo que o profissional da área deve estar plenamente adaptado a tais mudanças. Desenvolvendo desde o início, uma política de acompanhamento do egresso da FARO, engajada no compromisso de formar cidadãos aptos a enfrentar os desafios deste novo século.

Para o bom desempenho de suas funções, o Engenheiro Florestal deve ter:

      Sólida base nas ciências biológicas, exatas e humanas e forte consciência ética e ecológica quanto a sua responsabilidade na conservação da natureza. Profundos conhecimentos dos ecossistemas terrestres, em particular dos ecossistemas florestais, bem como das realidades sociais e econômicas, associadas a tais ecossistemas nas diversas regiões do Brasil. Juízo crítico e autônomo na sua área de conhecimento e atuação, sabendo utilizar o método científico para a análise e condução dos processos de tomadas de decisão, dentro dos princípios básicos de sustentabilidade. Capacidade de intervir sobre os ecossistemas florestais através de métodos de manejo adequados para cada situação ecológica, econômica e cultural. Conhecimento de como utilizar máquinas e equipamentos nas práticas florestais, dentro dos critérios de racionalidade operacional e de baixo impacto sobre o ambiente. Conhecimento dos processos de transformação industrial de recursos de origem florestal, associando as propriedades da matéria prima florestal com a qualidade dos produtos finais. Aptidão para o trabalho em ambientes naturais e em atividades ligadas ao desenvolvimento rural.

 

Informações
Coordenação de Engenharia Florestal
engenhariaflorestal@faro.edu.br
(69) 3217-5157

Matriz Curricular
Acesse aqui a matriz curricular do curso (formato.pdf)

Informações
Coordenação de Pedagogia 
pedagogia@faro.edu.br
(69) 3229-0198 - See more at: http://faro.edu.br/curso.php?curso=7#sthash.vmXCsGtl.dpuf