LOGÍSTICA REVERSA E SUSTENTABILIDADE: ESTUDO DE CASO DA EMPRESA GRUPO SOTREQ S/A NA UTILIZAÇÃO DO PROJETO PILOTO AÇÃO SUSTENTÁVEL: RECICLANDO ÓLEO DE COZINHA E TRANSFORMANDO EM SABÃO

BEATRIZ RODRIGUES DE CARVALHO, NIVERGÍLIO COSTA PEREIRA, SÂMIA DE OLIVEIRA BRITO FREIRE

Resumo


Logística reversa e sustentabilidade é um tema relativamente novo e de grande importância para a preservação do meio ambiente, pois visa evitar que os resíduos sólidos das empresas em geral sejam depositados na natureza de maneira inadequada a ponto de causar degradação. Seguindo essa ideia este artigo trata do tema Logística Reversa e Sustentabilidade, com foco no processo de utilização do projeto piloto Ação Sustentável: reciclando óleo de cozinha e transformando em sabão, com o propósito de averiguar o funcionamento da política de logística reversa e sustentabilidade aplicada pela Empresa Grupo Sotreq S/A no Município de Porto Velho/RO e como isso contribuí para a sociedade e o  meio ambiente. O objetivo maior é o de descrever a logística reversa e sustentabilidade no estudo pesquisado. O desenvolvimento da pesquisa vale-se do método dedutivo, utilizando a abordagem quantitativa com finalidade descritiva e bibliográfica. Em termos de Resultado, foi possível constatar que a o Grupo Sotreq S/A pode ser considerada uma empresa sustentável através do Instituto Social Sotreq (ISSO) que possui projetos e ações que contribuem para seu desenvolvimento socioambiental.


Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Aidil Jesus da Silveira; Lehfeld, Neide Aparecida de Souza. Fundamentos de Metodologia Científica. 2ª. Ed. São Paulo: Makron Books, 2000.

CHAVES, G. L. D.; MARTINS, R. S. Diagnostico da logística reversa na cadeia de suprimentos de alimentos processados no oeste paranaense. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGISTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS, ed 8, São Paulo: SIMPOI, 2005.

CAXITO, Fabiano et al. Logística: um enfoque prático/ Fabiano Caxito (coord.). - São Paulo: Saraiva, 2011.

EXAME.COM, Revista. Empresas se dizem sustentáveis, mas não são. São Paulo, Jul.2015. Revista Exame.com. Disponível em: . Acesso: 27 ago.2015.

ECO, O. Entenda a Política Nacional de Resíduos Sólidos, São Paulo, Jul.2014. O Eco - Jornalismo Ambiental. Disponível em: . Acesso: 4 set. 2015.

FELIZARDO, J. M. A LOGÍSTICA REVERSA NAS OPERAÇÕES

INDUSTRIAIS NO SETOR DE MATERIAL PLÁSTICO. XXIX Encontro da ANPAD

(ENANPAD), set. 2005, Brasília.

GUARNIERI, P., ET. AL Obtendo competitividade através da logística reversa: um estudo de caso em uma madeireira. Journal Of Technology Management And Innovation. , v.1, p.127 2006.

LEITE, P. R. Logística reversa: meio ambiente e competitividade. São Paulo: Prentice Hall,

MUNCK, Luciano. Gestão da sustentabilidade nas organizações: um novo agir frente à logística das competências/ Luciano Munck. -- São Paulo: Cengage Learning, 2013.

PRODANOV, Cleber Cristiano. Metodologia do trabalho científico [recursos eletrônicos]: método e técnica da pesquisa e do trabalho acadêmico / Cleber Cristiano Prodanov, Emani Cesar de Freitas. – 2. ed – Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

POZO, Hamilton. Administração de recursos materiais e patrimoniais: uma abordagem logística/ Hamilton Pozo. - 3 ed. - São Paulo: Atlas, 2004.

ROGERS, D. S.; TIBBEN-LEMBKE, R. Going Backwards: Reverse Logistics Trends and

Practices. Reno: Reverse Logistics Executive Council, 1998.

TADEU, Hugo Ferreira Braga et al. Logística reversa e sustentabilidade.- 1 ed. - São Paulo: Cengage Learning, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Incluir comentário

Direitos autorais 2018 Revista FAROCIENCIA

ISSN 2359-1846

Indexadores: