A CULTURA MATERIAL E O PROCESSO JUDICIAL

Walter Gustavo da Silva Lemos

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar o processo judicial como objeto formador de cultura material, permitindo com isso a sua utilização como meio de documentação histórica e cultuação, de forma a estabelecer uma ligação entre uma ideia e uma coisa, em razão da presença de uma série de significantes que circundam o objeto ou coisa, distinguindo-o dos demais objetos da mesma espécie, em razão de fatos que os circundam e não propriamente por sua própria representação.


Texto completo:

PDF

Referências


AXT, Gunter. Algumas reflexões Sobre os Critérios para a Identificação e Guarda dos Processos Judiciais Históricos. Justiça & História, Porto Alegre, v. 4, n. 7, p. 329-375.

CAMPOS. Paulo Fernandes de Souza. A preservação de documentos provenientes do Poder Judiciário. Revista de Ciências Jurídicas e Sociais da UNIPAR, v. 4, n. 1, 2001. Disponível em: . Acesso em: 14 de dez. de 2012.

CINTRA, Antônio Carlos de Araújo et al. Teoria geral do processo. 9 ed. São Paulo: Malheiros Editores, 1993.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Organização e tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1982.

FUNARI, Pedro Paulo Abreu. Linguística e Arqueologia. Delta, São Paulo, v. 15, n. 1, São Paulo, Feb./Jul. 1999.

KICH, Tassiara Jaqueline Fanck. O Poder Judiciário e as fontes para a história da sociedade. ANPUHRS, Anais do X Encontro Estadual de História, 2010. Disponível em: . Acesso em: 14 de dez. 2012.

LIMA, Tania Andrade. Cultura material: a dimensão concreta das relações sociais. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas, v. 6, n. 1, p. 11-23, jan./abr. 2011.

LOPES, Thais Menandro. Processo judicial: importância como fonte histórica e cuidados de preservação. Justiça Federal de São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 14 de dez. 2012.

LUHMANN, Niklas. Legitimação pelo procedimento. Brasília, UNB, 1980.

PESEZ, Jean-Marie. História da Cultura Material. In: LE GOFF, Jacques (org). A História Nova. 3 ed. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

TEODORO JUNIOR, Humberto. Curso de direito processual civil. 22 ed. Rio de Janeiro: Ed. Forense, 1997. V. 1.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista FAROCIENCIA

ISSN 2359-1846

Indexadores: